Category: motociclismo

Nova Friburgo recebeu nos dias 7 e 8, a última etapa do Campeonato Carioca de Motocross. A disputa será no Motódromo Swian Zanoni, em Conquista. No sábado foram realizados os treinos livres e a primeira largada no domingo, dia 8.
O evento, realizado pela Prefeitura Municipal de Nova Friburgo, é organizado pela CabriTeam e tem supervisão da Femerj — Federação de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro. Segundo o secretário municipal de Esportes e Lazer, Renato Satyro, o município arcou com os R$ 62 mil de custos do evento para garantir a tradição do Motocross, considerado o maior evento esportivo da cidade, com média de público de 30 mil pessoas.
— Todos os eventos de motocross que foram realizados em Nova Friburgo, até hoje, sempre atraíram um público muito grande, fora do normal se comparado com outras competições esportivas do município. E a boa notícia é que neste ano estamos realizando um motocross com um custo ainda menor. Em 2009/2010, a realização da etapa nacional custou cerca de R$ 280 mil e hoje estamos fazendo um evento de alto nível com R$ 62 mil reais”- destacou Renato Satyro.

fonte: O Globo

thum_motociclismoO Projeto Eurásia, fato dos mais relevantes para a irmandade motociclista, através do qual, Augusto BR pretende cruzar de moto o Continente Asiático, o Oriente Médio e o Continente Europeu, numa jornada que nos levará a visitar vinte e seis países e dois principados.

Consciente dos riscos inerentes, pretende preservar o vanguardismo do motociclismo Brasileiro, no mundo, ao mesmo tempo em que tenta estabelecer novo recorde mundial de motociclismo estradeiro de longa distância, na categoria veterano, a exemplo do que realizou ano passado ao cruzar todo o Continente Americano, indo do Rio de Janeiro ao Alasca, rodando um total de 49.800 quilômetros, numa jornada solitária de cento e dezesseis dias.

Durante essa nova jornada, estará comemorando cinquenta e seis anos de motociclismo e seus setenta e um anos de idade, o que irá com certeza valorizar mais uma vez, a prática do motociclismo estradeiro na terceira idade. Convencidos portanto, de que estará mais uma vez contribuindo para elevar o motociclismo estradeiro do Brasil, ele conta com a colaboração de todos, no sentido de encaminhar para nós sugestões, mapas, dicas e experiências adquiridas em viagens realizadas por essas regiões que integram seu roteiro.